Porto e a geminação com Nagasaki

Maratona do Pai Natal em Kyoto

Embora o Japão não celebre o Natal, é comum haver vários eventos associados à quadra. Um, inusitado, é a Maratona do Pai Natal.



13° Maratona do Pai Natal em Kyoto – サンタクロース・マラソン
Embora o Japão não celebre o Natal como no ocidente, é comum haver vários eventos associados. Um bem inusitado é a Maratona do Pai Natal, que ocorre no dia 23 de Dezembro, às margens do Rio Kamo (Kamogawa), na cidade de Kyoto. A Maratona já está na 13° edição e cada ano torna-se mais popular. Ano passado, cerca de 150 pessoas participaram na maratona.


Entre os participantes estão pessoas de 0 a 80 anos, ou seja, crianças, velhos e até bichos de estimação participam. Além dos moradores locais, a crescente popularidade atrai inclusive maratonistas das regiões de Kanto e Shikoku. Um dos requisitos para participar é estar fantasiado no dia da maratona com trajes de Natal, como Pai Natal, Renas, Bonecos de Neve, entre outros.



Origem da Maratona do Pai Natal

A maratona começou em 2002 e as pessoas gostaram tanto que resolveram repeti-la no ano seguinte e depois novamente em 2004, e assim sucessivamente… Já se passaram onze anos desde o primeiro Santa Claus Marathon, e hoje podemos comprovar que este evento acabou por se tornar mais um dos eventos tradicionais de fim de ano em Kyoto.









Tudo indica que a origem da Maratona em Kyoto foi inspirada na famosa Maratona Santa Claus de Liverpool. A Maratona faz o percurso de 1,5 km ao longo do Rio Kamo (Kamogawa), tendo início na Ponte Sanjo Ohashi, Marutamachibashi, perto do Palácio Imperial até chegar na Ponte Shijo Ohashi, centro de Kyoto.


Qualquer pessoa pode participar, porém é preciso inscrever-se antecipadamente e pagar uma taxa de 1000 ienes. A maratona acontece dia 23 de Dezembro, feriado nacional no Japão pois é o Dia do Imperador, ou seja, esse feriado não tem relação alguma com o Natal, mas por ser uma data próxima, tornou-se uma data propícia para fazer estes tipos de eventos natalícios no Japão.



Imagens e textos (tradução automática), colhidos da internet

Sem comentários:

Publicar um comentário