Porto e a geminação com Nagasaki

Arte nas plantações de arroz no Japão



Desde 1993, Numa pequena aldeia japonesa, Inakadate, criaram-se imagens deslumbrantes campos de plantação de arroz, mostram que há sempre uma forma nova de mostrar a beleza da arte, utilizando a natureza como instrumento.


A criatividade japonesa não se resume a tecnologia. Ela é tamanha que até mesmo simples camponeses são capazes de coisas inacreditáveis. A cidade de Inakadate, desde 1993 promove no mês de Setembro, um espectáculo de rara beleza em suas plantações de arroz. E não pense que são contratados génios da pintura

Agora, outras regiões no Japão passaram a investiram nesta técnica e começaram a criar as suas artes no meio da natureza. É realmente um grande espectáculo!


Arte nas plantações de arroz do Japão! Inakadate, uma obra de arte feito com a colaboração de centenas de pessoas.

A ideia iniciou-se como uma forma de atrair visitantes para a região e assim angariar dinheiro. O êxito foi tão grande que a região está a tornar-se cada vez mais conhecida, não só no Japão como em todo o mundo.


The art is made from nine rice species with seven different colours achieving realistic interpretation of light reflection and shadow

To the left features a stunningly detailed rice artwork of a high-class courtesan, or Oiran, with intricate embroidered dress

 Os turistas impressionam-se tanto, que acham que foram usadas tintas especiais para compor o desenho, mas na verdade para obter os contrastes de cores, os cultivadores plantam nos locais precisos, três tipos diferentes de arroz, cada um com uma cor diferente.


Arte da cultura impressionante surgiu através dos campos de arroz no Japão. Mas isso não é criação estrangeira - os desenhos foram habilmente plantadas.

Inakadate fica localizada no Distrito Minamitsugaru de Aomori, no Japão. A área total da vila é 22,31 km ² com uma população com pouco menos de 10.000 habitantes. Todos os anos, os agricultores e moradores da região mobilizam-se para plantar e assim criar as imagens magníficas. É um verdadeiro trabalho em equipa!



Visto de cima, estas obras de arte são impressionantes. As obras primas podem ser vista entre Julho e Agosto, até à safra colhida em Setembro. Todos os anos, há uma imagem diferente, é incrível ver como é possível tamanha perfeição e riqueza de detalhes.






Fonte: Japão em foco

Sem comentários:

Publicar um comentário